Vilões tem um importante papel no Cinema, ainda mais no gênero Horror onde muitas vezes representam a materialização do mal.

E a reputação de muitos dos vilões dessa lista precedem as próprias franquias que representam, abaixo então estão listados os vilões favoritos, querendo deixar claro que isso são opiniões dos autores, usamos alguns critérios para essa escolha e tentamos não esquecer de nenhum, então caso alguns nomes que você admira não estejam presentes se limite a chorar para a mamãe.



20º Lugar>> Alta Tensão (Haute Tension, 2005) de Alexandre Aja – Vilão: Sem Nome

Nada como visitar a família no final de semana, desfrutar da tranquilidade que o local providencia por situar-se no interior, e além de tudo levar junto a melhor amiga, ou seja, uma viagem para aliviar a tensão do dia-a-dia. Isso pode não acontecer quando a noite um estranho caipira invadir a casa e trucidar sua familia, para depois iniciar uma perseguição incessante contra você. O caipira em questão é o vilão que aterroriza as duas jovens protagonistas desse ótimo filme de Alexandre Aja. O homem aparenta ser um simples camionheiro, mas quando navalhas e machados estão próximos acaba se revelando um açougueiro de mão cheia. Infelizmente o final tira um pouco o brilho do personagem, mas nada que tire os méritos demonstrados até então.

Característica memorável: Com seu jeitão de tio pedófilo acaba revelando-se um psicopata eficiente quando em posse de objetos cortantes.

Estréia de Alexandre Aja, diretor que posteriormente realizaria o ótimo Viagem Maldita (Remake do clássico “Quadrilha de Sádicos”), seu filme mais recente foi “Piranha 3D”.

19º Lugar>> Colheita Maldita (Children of the Corn, 1984) de Fritz Kiersch – Vilão: Isaac

Do conto de Stephen King, Colheita Maldita nos apresenta um vilão peculiar, Isaac é uma criança com forte poder de soberania, um ditador, um religioso, comandava as chamadas crianças do milharal, um vilão fácil de se pegar antipatia, tem a cara sempre arrogante e mesmo sendo criança, você torce para que ele tenha a pior morte o possível.

Característica Marcante:Nada comum uma criança ser líder de uma seita satânica, e Isaac faria milhares de religiosos adultos ajoelharem a seus pés com seu poder de confiança nas palavras.

Considerado por muitos fãs do Gênero uma das piores franquias de Terror, recebeu várias sequências, e um remake feito para a televisão em 2009.

18º Lugar>> O Colecionador de Corpos (The Collector, 2009) de Marcus Dunstan – Vilão: The Collector

Após Jigsaw se confundir em suas próprias armadilhas moralistas e a franquia Jogos Mortais sem enrolar mais que o gordo nos arames farpados do primeiro filme, surge então “The Collector”, mas diferentemente do velho da franquia inacábavel, o assassino de The Collector não fornece auto-ajuda a suas vítimas e sim coleciona pessoas (!!!), então qual seria a relação entre os personagens? Digamos que ambos tem uma certa tara por armadilhas elaboradas, nada da clássica armadilha para ursos, tudo tem um mecanismo próprio e quase sempre quando acionados terminam em sangue.

Característica Marcante: Além do detalhe de colecionar pessoas ser bem criativo, as armadilhas são bem elaboradas, e o assassino tem um instinto de caça bastante apurado.

Incialmente a ideia era transformar The Collector em uma franquia, tanto que o diretor do filme foi produtor de alguns filmes da cine-série “Jogos Mortais”, porém acabou não tendo uma boa bilheteria, e tudo indica que não haverá sequência.

17º Lugar>> Audition (1999) de Takashi Miike – Vilã: Asami Yamasaki

Takashi Miike cria aqui uma personagem controversa, uma garota insossa, inócua, nada mais que o normal, nos faz indagar onde está a vilã neste caso? Na segunda metade da película, no entanto nos é apresentado o lado obscuro da personagem, e é pra valer, ela tortura sua vitima com a maior frieza e delicadeza que uma oriental possa ter, com um fio de aço ela proporciona sofrimento aos que suspeita desejarem o mesmo a ela.

Característica Marcante: Ela é comum, mas seu lado negro não, cuidado, Asami pode estar em qualquer esquina.

O diretor Takashi Miike é famoso pelas insanidades apresentadas em suas obras, Audition é considerado um dos seus melhores filmes, ainda não teve lançamento no Brasil, foi exibido em dois festivais, porém não passou disso.

16º Lugar>> O Silêncio dos Inocentes (The Silence of the Lambs, 1991) de Jonathan Demme – Vilão: Dr. Hannibal Lecter

Vilão que se tornou dono de uma franquia de sucesso, mais conhecido pelo seu intelecto e por sua frieza, é bem calculista, controlado, parece inofensivo, mas ali se esconde um canibal de primeira categoria.

Característica Marcante: Forte poder de manipulação, jeito calmo de se comunicar, e sabe o momento certo de atacar sua presa. Não tem aparência de Jason nem de Freddy Krueger, mas seus enigmáticos olhares o tornam tão horrendo quanto a eles.

Hannibal retornaria em mais três filmes, sendo dois deles ainda protagonizados por Anthony Hopkins e o último lançado revela a origem do personagem. muitos não sabem mas antes de “O Silêncio dos Inocentes” um filme sobre o personagem já havia sido lançado, trata-se de “Manhunter” dirigido pelo ótimo Michael Mann e que adaptava o primeiro livro da série: Dragão Vermelho.

15º Lugar>> Violência Gratuita (Funny Games, 2007) de Michael Haneke – Vilão: Paul.

A primeira vista, Paul nada mais aparenta do que ser um garoto mimado, queridinho do papai, porém aos primeiros minutos do filme Paul é um personagem do qual se pega um desafeto tão grande que você quer entrar na tela e matá-lo, ele é sarcástico, brinca, faz as vitimas participarem de seus jogos psicológicos, tudo isso com a maior calma do mundo, esboçando um sorriso sempre cínico como se realmente tivesse nascido para isso.Muitos monstros na aparência externa de alguns filmes ficam parecendo criancinhas perto do monstro interno que é Paul.

Característica Marcante: Lobo em pele de Cordeiro, sua aparência nunca é pré julgada, fazendo do seu sarcasmo sua arma mais mortal.

Remake do filme de 1997, também de Michael Haneke refilma cena a cena o filme original, a história é baseada em fatos.

14º Lugar>> Henry – O Retrato de Um Assassino(Henry – A Portrait of a Serial Killer, 1986) de John McNaughton – Vilão: Henry Lee Lucas

Na contramão da onda de slasher movies que predominou a década de 80, surgiu Henry, baseado na história veridica do assassino Henry Lee Lucas (embora boa parte dos assassinatos contidos no filme foram posteriormente desmentidos pelo assassino), o filme mostrava uma versão realista, muito diferente de Michael Myers, Jason e semelhantes, com uma atmosfera opressiva e visual “sujo” o filme causou bastante polêmica na época.

Característica Marcante: A incrível frieza do psciopata sempre ciente de seus atos.

Filme que até hoje pode causar desconforto, infelizmente já não é tão conhecido, mas quem o assistiu sabe de sua qualidade.


13º Lugar>> Sexta Feira 13 (Friday the 13th II, III, IV, V…) – Vilão: Jason Voorhees

Talvez o personagem mais famoso de nossa lista, Jason está sempre se reinventando, já usou um saco na cabeça e se vestiu de caipira, já morreu, ressuscitou, se tornou imortal, teve versão futuristica e até já foi um hospedeiro. Mas nada supera seu estilo clássico com mascara de hockey roupas esfarrapadas, e facão. Um personagem que já faz parte da cultura popular.

Características Marcantes: Se dirige a passos lentos em direção as suas vítimas, e inexplicavelmente sempre surge a frente delas. Caracterização já consagrada citada anteriormente (Mascara de hockey, roupas esfarrapadas, facão).

Recebeu um remake-reboot em 2009, a ideia era fazer uma sequência que ambientasse na neve, mas a equipe criativa e o estúdio acabaram se desentendendo e provavelmente Jason demorará a retornar às telonas.

12º Lugar>> Drácula (1931, 1958, 1992) -Vilão: Drácula

Dispensa apresentações.

Características memoráveis. O romantismo sempre presente em quaisquer que sejam as obras, todo o charme do vampiro, sem que seja necessário ser adolescente e brilhar ao sol. Três grandes atores imortalizaram (palavra de duplo sentido nesse caso) o vampiro: Bela Lugosi, Christopher Lee e Gary Oldman.

O filme teve muitas versões, vários visuais e abordagens, já foi para o espaço, recebeu versão moderna, mas estará sempre imortalizado na pele dos atores citados na postagem.

11º Lugar>> It (1990) de Tommy Lee Wallace – Vilão: Pennywise

Há algo de assustador em todos os palhaços, talvez suas vestimentas coloridas e seu falso sorriso não exerçam o efeito desejado e tudo que enxergamos é uma benevolência exagerada. Ou talvez insconscientemente alguns associem com a imagem de John Wayne Gacy, fato é que esse receio que boa parte das pessoas tem dessa figura elevou-se a nona potência quando Stephen King lançou o livro “It”, e esse medo generalizou-se quando a obra foi adaptada ao cinema. Pennywise é a versão diabólica de Bozo, em sua primeira aparição em meio aos lençóis estendidos em um varal percebemos que fazer rir é a última coisa que ele vai proporcionar as suas vítimas.

Características Marcantes: A inocência de seus gestos e as falsas intenções foram imortalizadas pela grande atuação de Tim Curry e um belíssimo trabalho de maquiagem.

Filme feito para a TV com mais de três horas de duração, receberá uma versão cinematográfica em breve provavelmente com metragem de um longa padrão (entre 90 e 120 minutos).

10º Lugar>> Brinquedo Assassino (Child’s Play 1988, 1990, 1991…) – Vilão: Chucky

Poderíamos dizer que este personagem possui caracteristícas de muitos que pertecem a essa lista. O sarcasmo de Freddy Krueger, a falsa inocência de Pennywise e a imortalidade de Jason Voorhees, mas na verdade Chucky é muito mais que isso. Ele possui a carisma que nenhum dos citados anteriormente jamais possuiu, tudo isso em decorrência do que sua figura representa, sua aparência frágil faz com que cada ataque as suas vitímas corresponda a uma batalha entre Davi e Golias. Ao mesmo tempo traz notalgia, afinal quem nunca teve algum brinquedo que lhe causasse medo na infância.

Característica Marcante: Faz bom uso de sua condição, utiliza da sua imagem para amedontrar suas vitímas e as faz parecem paranóicas aos olhos de outras pessoas.

Chucky foi ressuscitado em 1998 e recebeu um interesse romântico o filme em questão “A Noiva de Chucky” focou muito mais no humor e perdeu toda a atmosfera dos filmes anteriores, em 2005 a franquia teve um novo episódio, neste o boneco assassino descobre ter um filho (!!!).

9º Lugar>> Tempestade do Século (The Storm of Century, 1999) de Craig R. Baxley – Vilão: Andre Linoge

Desde sua primeira aparição podemos perceber que há algo sobrenatural em Linoge. O estranho forasteiro chega a Ilha de Little Tall e toca o terror entre moradores da pequena cidade. Tudo inicia-se quando, sem qualquer motivo aparente Linoge assassina violentamente uma velha e se entrega para a polícia, a partir daí estranhos acontecimentos começam ocorrer na na pequena cidade, e em todos os locais onde tais eventos acontecem uma frase marca presença nas paredes, escrita a sangue: ” Dê-me o que eu quero e eu vou embora “

Caracterítica Marcante: Sinistro talvez seja a palavra que melhor defina o personagem, permanecendo boa parte do tempo em silêncio dentro de sua cela, ele manipula psicologicamente suas vitímas e transforma a cidade fria em um verdadeiro inferno, sempre acompanhado de sua bengala.

Roteiro escrito por Stephen King desta vez não é baseado em nenhuma de suas obras, foi especialmente feito para o telefilme, posteriormente o roteiro foi publicado, mas em momento algum se transformou em Romance.

8º Lugar>> Olhos Famintos (Jeepers Creepers, 2001, 2003) de Victor Salva – Vilão: Creeper

A princípio pensamos ser um apenas um caipira em um caminhão misterioso que simplesmente resolveu atormentar dois jovens, mas há toda uma mitologia pertencente ao “ser” que dirige tal veículo.
Estradas desertas, igrejas abandonadas, esconderijo subterrâneo, diversos elementos transformam Creeper em um personagem inesquecível em um filme que infelizmente não possui o reconhecimento merecido.

Características Marcantes: Paira um mistério por um bom tempo sobre a aparência da criatura, chapéu e capa o ocultam, mas quando revelada só nos resta lamentar pelos personagens aos quais ele persegue. Creeper acorda de sua hibernação a cada 23 anos, e durante 23 dias se alimenta de carna humana, além do fato de ser indestrutível.

O diretor Victor Salva passou três anos preso, por molestar um garoto durante as filmagens de um de seus filmes. Até hoje recebe protestos dos habitantes nas cidades onde filma.

7º Lugar>> Centopéia Humana (The Human Centipede, 2009) de Tom Six – Vilão: Dr Heiter

A partir de sua idéia insana podemos entender melhor a personalidade do vilão em questão, e como diz o velho ditado: uma imagem vale mais que mil palavras, então abaixo temos a insana experiência feita pelo Dr. Heiter:

Sim, isso mesmo, juntar três pessoas ligando-as boca e anus demonstra o quão doentio é Josef Heiter (mistura de Josef Mengele e Adolf Hitler?) expressões faciais e voz sinistras reforçam essa imagem fria e cruel do personagem.

Característica Marcante:Sua idéia e sua demonstração de satisfação ao criar sua experiência, ele trata sua centopéia como seu filho, sua cria.

Antes mesmo de ser lançado o primeiro filme o diretor havia prometido uma sequência com uma centopéia constituida de 12 pessoas (!!!) e em suas próprias palavras o primeiro pareceria “My Little Poney” perto da segunda parte.

6º Lugar>> A Hora do Pesadelo (A Nightmare on Elm Street, 1984, 1985, 1987, 1988…) – Vilão: Freddy Krueger

Em 1984 o diretor Wes Craven reinventava o subgênero slasher ao trazer uma premissa nova onde ambientava toda ação no mundo dos sonhos. Criando assim inifinitas situações a poderem ser exploradas. Não bastasse isso, de carona com o ótimo enredo surgia um dos personagens mais marcantes da história do Cinema. Freddy Krueger possui uma caracterização toda peculiar, vestindo roupa xadrez e chapéu. Simplicidade essa em sua vestimenta que trazia perturbação quando somados a duas outras caracteristicas: Seu corpo queimado e suas garras metálicas. Infelizmente o personagem foi perdendo sua aura sinistra com o passar do tempo e adotando uma conduta mais bobalhona, mesmo assim não deixou de ganhar inumeros fãs com o passar do tempo.

Caracteristícas Marcantes: Visual inigualável, humor sarcástico.

O filme recebeu um remake em 2010, com muitos protestos dos fãs pelo fato de Robert Englund não ter sido chamado para interpretar Freddy Krueger. O humor sarcástico foi deixado de lado e a tentativa de criar um visual mais realista ao personagem(!!!) desagradaram ainda mais os admiradores de Krueger.

5º Lugar>> Psicose (Psycho, 1960) de Alfred Hitchcock – Vilão: Norman Bates

Inspirado em Ed Gein, famoso assassino, que também inspirou outro filme dessa lista, (O Massacre da serra elétrica) embora Psicose se assemelhe mais com a verdadeira história do serial Killer.
Norman Bates é o vilão mais simples de todos da lista, porém o que mais se aproxima da vida real, tornando-se assim um dos assassinos mais apavorantes do Cinema, toda sua devoção pela sua mãe, desejos mórbidos, Norman tem uma perturbação reprimida desde sua infância, e aquilo nunca saiu de sua mente.

Característica Marcante: Aparência inocente, não tem capacidade de sair de baixo da saia da mãe mesmo adulto, mas tem capacidade de matar uma mulher inocente e indefesa no chuveiro.

Além de ter influenciado os filmes slashers que se tornariam moda na decada de 80, algumas características de Bates fizeram sucesso na pele de outros personagens, o próprio Jason Voorhees possui muitas delas. Outro semelhante que merece ser citado é Donny Kohler do hoje pouco conhecido “As Chamas do Inferno – O Corredor da Morte (Don’t Go in the House)” filme obscuro lançado em 1980, o personagem é muito semelhante a Bates, o diferencial é a forma que mata suas vítimas: com um lança chamas.

4º Lugar>> Hellraiser (1987) de Clive Barker – Vilão: Pinhead

Clive Barker nos apresenta um dos vilões mais poderosos e complexos do cinema. Com visual ímpar, sua “cabeça de prego” pode trazer certo desconforto ao espectador. Pinhead não tem piedade, quem abrir a caixa (mais conhecida como seu habitat) terá o verdadeiro inferno em sua vida, neste caso, literalmente.
Desde sua primeira aparição é impossível que nos tornemos indiferentes a sua presença.

Característica Marcante: Seu visual, suas falas filosóficas e sua liderança, Ele é o líder dos Cenobitas, demônios também poderosos que o seguem.

Após três bons primeiros filmes a franquia foi decaindo até resultar nos dois últimos filmes medíocres, outra sequência está programada antes que o estúdio perca os direitos sobre a série, após isso será feito um reboot.

3º Lugar>> O Iluminado (The Shining, 1980) de Stanley Kubrick – Vilão: Jack Torrance

Jack Torrance procura tranquilidade para dar continuidade a seu trabalho como escritor, aceita então o emprego como zelador do Hotel Overlook durante a temporada de Inverno enquanto o mesmo cessa as atividades pelo intenso frio da região. Levando junto a si esposa e seu filho pequeno, com o passar do tempo o confinamento e o isolamento que tanto procurou se tornam as grandes armadilhas para sua mente absorver as aparições sobrenaturais do hotel, fazendo com que ceda a seus impulsos violentos, assim fazendo de Jack Torrance um dos psicopatas mais verossímeis do cinema, seu grau de loucura e voracidade aumentam gradativamente, nos mostrando o limite que uma mente pode suportar perante a forças sobrenaturais.
Loucura e isolamento fazem de Jack um homem violento.

Característica Marcante: Vilão e Vitima ao mesmo tempo, não é ele quem decide isso.Jack Torrance e Jack Nicholson são únicos, a interpretação é tão natural que parece que o ator é aquilo que as lentes demonstram ser.

Stephen King não gostou da adaptação de Stanley Kubrick, tanto que em parceria do cineasta e amigo Mick Garris fizeram uma regravação em 1997.

2º Lugar>> O Massacre da Serra Elétrica (The Texas Chainsaw Massacre, 1974) de Tobe Hooper – Vilão: Leatherface

Filme que se tornou uma das obrigatoriedades dos fanáticos por terror, nele conhecemos um dos vilões mais insanos e perturbadores da história, utilizando uma máscara de pele humana, Thomas Hewitt conhecido como Leatherface é um psicopata manipulado pela família, mas que possui apenas um instinto: MATAR, sua arma principal é uma serra elétrica, ser perseguido ao som ensurdecedor de sua arma em plena noite no meio do mato, com gritos e gemidos de um retardado mental com pele humana cobrindo a face deixa qualquer marmanjo com a espinha gelada.

Característica Marcante: Age em torno de sua família, possui a mente de uma criança com medo de apanhar do pai e da mãe, insano e sem limites para suas caçadas.

Recebeu 4 continuações, o segundo filme é considerado subestimado por muitos, já as outras sequências são totalmente desnecessárias. Recebeu um remake em 2003, e em 2006 teve o ínicio do personagem revelado.

1º Lugar>> Halloween (1979) de John Carpenter – Vilão: Michael Myers.

Personagem Ícone do cinema horror, vilão clássico dos slashers movies, Michael Myers é aquele que hoje já se tornou clichê, mas foi imortalizado ao ser jogado nas telas do cinema no fim dos anos 70 e no decorrer dos anos 80 e 90, caracterizado pela sombria máscara branca e caçar sua família em plenas noites de Halloween. E assim matar qualquer ser humano que tente impedir isso.

Caracteristica Marcante: Determinação em matar sua família, a máscara pálida é o símbolo de toda sua frieza, demonstra lampejos de sentimentos de dúvida e ódio.

Recebeu um criticado remake em 2007, dirigido por Rob Zombie o filme desmitificou o personagem ao tentar dar uma abordagem mais realista.

***Menções honrosas: Como dito no início da postagem, era inevitável que muitos nomes ficariam de fora, então vamos apenas citar alguns deles que poderiam facilmente fazer parte desta lista, alguns foram retirados pelo fato de não pertencer exatamente ao gênero e outro por critérios de eliminação, são eles : Damien (A Profecia), Dr. Anton Phibes (O Abominável do Dr. Phibes), Annie Wilkes (Louca Obsessão), Jigsaw (Jogos Mortais), Louis Cyphre (Coração Satânico), Max Cady (Cabo do Medo), The Tall Man (Phantasm), Pyramid Head (Silent Hill), Esther (A Órfã) dentre outros.

Colaboração: Ronny Paulo

11 Comentários Em “TOP 20 – VILÕES INESQUECÍVEIS DO TERROR”

  • Caracas, que fodastico essa lista, estão de parabéns, assisti muitos dos filmes e concordo com quase todos, achei que faltou alguns, mais ai é de cada um.

    Parabéns aos autores!

  • Obrigado pelo comentário, ficamos felizes que tenha gostado!!! Valeuu

  • HAHHAHAHA.. Maravilhoso!!Bem dinâmica! Confesso que mudaria os primeiros lugares, mas por motivos pessoais mesmo.

  • Não conheço alguns,no mais bela lista,excelente processo de escolha,muito bem acertada,definiu bem os gostos pessoais dos autores,as descrições e as curiosidades deram um toque supimpa!

  • Valeu galera, em breve novas listas!!!

  • Não tenho muito o que dizer, achei fantastica a lista, alguns dos filmes eu não assisti, outros concordo plenamente, e com certeza acho que faltam alguns (Na verdade só lembrei de um, mais é pra deixar o texto mais bonito).
    O que gosto de listas assim é que faz você relembrar de alguns filmes que já assistiu, e te da idéias de filmes para assistir no futuro…

    Parabéns ao Ronny e ao Mateus pela incrivel lista, e ao Internético por hospedar matérias de qualidade no Blog…

    Abraços, Eloy!

  • muito bom concordo com tudo ronny você é muito bom

  • Muito foda a lista , tem muitos lendários ai nessa lista , lendários e eternos pq o terror nunca acaba enquanto existir o medo . Devemos tudo aos vilões por que sem eles o filme não existiria . AMEI A LISTA , um comentário de um terror maniaco viciado em filmes de terror como eu , e acho q poderia fazer uma lista dnv com os lendários e mais alguns q chegaram a pouco tempo como Boghuul e um lendário que é o Panico

  • Amo filmes de terror… Me fascinam!!!!!!

  • AMEI A LISTA!!!
    VI QUASE TODOS OS FILMES, SOU APAIXONADA POR ESSE GENERO!!!
    PARABENS!!!!

  • Eu achei massa essa lista mais eu nao achei muito justo Deixar o Jason do Sexta-Feira 13 lá em cima não, ele é um dos mais assustadores se não o mais assustador

Comente

Redes Sociais

Pesquise

Curta

Categorias

Parceiros